Quem somos

Este blog é feito por um pequeno grupo de amigos estudantes/profissionais da área de exatas.  O objetivo é reunir aqui a interpretação, na maioria das vezes, de assuntos distintos à nossa formação segundo nossa visão mais matemática do mundo. Essa iniciativa se deu pela dificuldade natural que temos de interpretar assuntos dos campos social/humano.  Buscamos assim,  facilitar a pessoas com o mesmo perfil que o nosso a interpretar tópicos destes campos, bem como aprendermos com pessoas com formações distintas da nossa.

Nosso grupo se constitui por 4 cidadãos que enxergam o mundo segundo suas áreas de estudo( e pretendem mudar isso).  Sendo elas:

Engenharia de Controle e Automação

Engenharia Ambiental

Ciências Contábeis

Engenharia de Armamento

Para nos contactar fique a vontade para escrever para:

blogexatasmentes@gmail.com

Anúncios

4 Responses to Quem somos

  1. Luiz Carlos Ramos Cruz disse:

    Há controvérssias no texto e não pretendo delinear neste momento.Mas parabenizo o autor por chamar a atenção e denunciar a escassez do profissional de engenharia. Esta falácia de que há escasses de engenheiros no mercado, tem que ser denunciada.Pois esta mídia empresarial que informa, mas ao mesmo tempo desinforma, utiliza de técnicas de marketing para maquiar a realidade do emprego de engenheiro, alias faz nisto com outras profissões. esta falácia, pode ser desmistificada ao levantarmos os dados.Qtos são formados ( ver cadastro no MEC)?.Quantos estão cadastrados no Crea/Confea? Quantos estão cadastrados como engnheiros na carteira ( ver Min.do Trabalho)? Um outro fato são as nossas instituições de representação que carecem de efetividade e de um olhar mais profundo aos seus filiados que com sua anuidade contribuem para sustentar estes órgãos que poderiam e deveriam ofercer uma contrapartida aos seus associados, tanto o Crea/Confea, quanto ao Sind dos Engenheiros- Para que servem ? A quem servem ? Qual a destinação das verbas arrecadadas ? Sabiam que há fiscais dos Creas,que nem sequer são profissionais do sistema ? Porque não criam concursos para susbtiruir os cargos comissionados ?Por que toda a verba arrecadada não é revertida para benefícios dos que sustentam o sistema, ou da população mais necessitada ?Há engenheiros sem casa própria ! Há engenheiros exercendo outras atividades, por diversas razões, mas alguns não conseguiram se atualizar por causa dos altos custos dos cursos ! Há outros profissionais ( administradores/analistas de TI ) exercendo atividades de Engenharia !Há engenheiros sendo recrutados com o perfil de engenheiro, mas na carteira não registram com engenheiros ! Há engenheiros exercendo atividade de motorista de táxi( sem demérito a nenhum dos dois)! Há resoluções no sistema crea/confea, que designa engenheiros a exercerem as atividades nas prefeituras, mas que raramente são cumpridas ( estamos falando de +/-5565 municípios em todo o Brasil) e por que não são cumpridas ? Marketing e ignorar a realidade não ajudam a transformar o Brasil ! Lutar por direitos é a saída !

  2. Leonardo disse:

    Pretendo fazer o curso de engenharia de controle e automação… Gostaria de saber se a área de atuação estará valorizada após minha formação, aproximadamente daqui 5 anos.

  3. Paulo disse:

    Solicito que meu perfil e comentários sejam excluídos não tenho mais interesse em participar deste grupo. Grato

  4. Paxa Pul disse:

    DICA DE FERRAMENTA NO CREA.

    Contratem amigos desempregados, como!!!

    O CREA sempre disse ao engenheiro, ou a quem tem registro no CREA, que sabendo tu de uma empresa que esteja irregular, tem que denúnciar, por que o CREA não vai lá na tal empresa atuar, só se tiver uma denúncia por parte do profissional registrado no CREA, mas não sabe, sobre as empresas que ele trabalhou ou das que sabe que esteja irregular, basta entrar no portal do CREA e formalizar via protocolo no “fale conosco” pelo menos no estado de Sao Paulo é assim, cada CREA de cada estado é de um jeito seu portal.

    Como saber de uma empresa: se ela esta irregular?

    Entra no portal do CREA, por exemplo, do estado de São Paulo:

    http://creanet1.creasp.org.br/

    Empresas – consulta de empresa registrada no CREA.

    Em consulta pública:

    http://creanet1.creasp.org.br/Default.aspx

    Em “Atendimento” e “Serviços On Line” – “Pesquisa Pública de Empresas”:

    http://creanet1.creasp.org.br/Servic…caEmpresa.aspx

    Haverá quatro campos “lacunas em branco”, em qualquer um que preencher serve.

    Irá aparecer o número no CREA, o nome da empresa e o CNPJ

    Com o CNPJ entrar no site da Receita Federal:

    http://www.receita.fazenda.gov.br/pe…olicitacao.asp

    E, saberá qual o código de atividade.

    Com isto, poderá voltar no site do CREA:

    http://creanet1.creasp.org.br/Servic…caEmpresa.aspx

    Aonde constava os dados da empresa alvo:

    E, clickar em “Visualizar”, irá abrir e mostrar quem é o responsável técnico.

    http://creanet1.creasp.org.br/Servic…chave=OTM3Mjc=

    Ai, poderá saber quem é o responsável técnico.

    E, novamente em “Visualizar”, saberá qual a formação do responsável técnico.

    Pode tirar suas conclusões, que em relação ao código de atividade no cartão do CNPJ, este responsável técnico atende a Res. 218 do CONFEA!!!

    Grave estas imagens em jpg (foto) e registre que a empresa não tem um responsável técnico no que ela fabrica ou produz, ou de serviços, etc.

    Protocola no CREA, que não entende por que tal empresa sem mantém irregular, quando poderia ter um engenheiro, ou técnico neste lugar, e não atende a Res. 218 do CONFEA!!!!

    Tá ai por que no Brasil os engenheiros não são valorizados, isto ai meu caro, é do que eu sei, e agora de milhões de engenheiros que não sabem, estão desempregados, por que o CREA deu a nós esta ferramenta e, nós não sabíamos usar.

    Com isto, tu denunciando a empresa tal, ou as empresas que fizer esta pesquisa, poderemos ter um campo da engenharia mensurável e não o caos que vivemos, por que nós engenheiros não somos orientados devidamente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: